quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Entenda Como São Feitos Os Exercícios Do Treinamento Funcional

Formado em Fisioterapia e Bacharelado em Educação Física pela PUCPR, especialista em Fisiologia do Exercício e Prescrição de Exercício pela Gama Filho, Mestre em Fisiologia pela UFPR. American College of Sport Medicine define conceito de força funcional como … trabalho realizado contra uma resistência de tal forma que a força gerada beneficie diretamente a execução de atividades da vida diária (AVD) e movimentos associados ao esporte” (six). 

Cabe ao profissional entender e estudar a limitação funcional de cada exercício em cada indivíduo, ou seja, saber como é movimento correto e ver quais as dificuldades, compensações e limitações que indivíduo apresenta.

Profissional deve conhecer anatomia, fisiologia, biomecânica, cinesiologia e, principalmente, os princípios do Treinamento Funcional. Que irá diferenciar são os exercícios que deverão ser adaptados para cada nível de dificuldade e/ou lesões.
Como foco do treinamento funcional é trabalhar os músculos de forma global, perigo de sobrecarregar uma ou outra parte do corpo e se machucar é muito menor. 

Mas, como toda atividade física, deve contar com a orientação de um profissional capacitado para a mobilidade. Portanto, treinamento para melhorar a força funcional envolve mais do que simplesmente aumentar a capacidade de produção de força de um músculo ou grupo muscular.
Embora a musculação seja método mais efetivo de conseguir a hipertrofia, treinamento funcional também pode ajudar a atingir esse objetivo, além de diminuir a quantidade de gordura corporal e aumentar a definição muscular.

Já para quem não quer ou não pode praticar a musculação e deseja emagrecer de forma dinâmica treinamento funcional é mais indicado, já que há uma grande variedade de exercícios e atividades, os quais, inclusive, são modificados com frequência.

 Quem possui pouco ou nenhum condicionamento físico e deseja começar a praticar uma atividade física encontra no treinamento funcional um grande aliado, já que as tarefas podem ser adaptadas dependendo da condição física e motora de cada praticante.
Como no afundo, por exemplo: para evitar que corpo oscile e movimento perca efeito, abdômen tem que estar ativado.

 Como foco do treinamento funcional é trabalhar os músculos de forma worldwide, perigo de sobrecarregar uma ou outra parte do corpo e se machucar é menor. Depois de apresentar e detalhar sobre Treinamento Funcional, você deve estar curioso em saber se este método substitui realmente a musculação.
Porém, com desenvolver do tamanho dos mesmos (fibras musculares) e da propriocepção que começa a se criar com os mesmos após algum tempo de musculação, então não só passamos a observar algum tipo de dor pós-treino, como no exemplo, mas, implicitamente também trabalhá-los melhor durante a execução dos movimentos para tais. Isso faz com que mais energia seja desprendida para controle, equilíbrio e força, faz com que você fique ainda menos relaxado e então, através dessa desestabilidade é que começamos a obter certa estabilidade.

Exercícios de aptidão funcional 



são projetados para treinar e desenvolver seus músculos para torná-lo mais fácil e segura à realização de atividades cotidianas, tais como carregar mantimentos ou jogar um jogo de basquete com seus filhos por exemplo. 

Exercícios de aptidão funcional irão treinar seus músculos para trabalhar em conjunto e prepará-los para as tarefas diárias, simulando movimentos comuns que você pode fazer em casa, no trabalho ou no esporte. Enquanto estiver usando vários músculos na parte superior e inferior do corpo, ao mesmo tempo, exercício funcional enfatiza a estabilidade do core.
Pelo contrário, requer treinamento para melhorar a relação coordenada de trabalho entre os sistemas nervoso e muscular. Nos últimos ten anos, tem havido uma mudança no sentido de tornar treinamento mais funcional. Um dos muitos sinais de que treinamento funcional seria a onda do futuro foi quando os grandes fabricantes de máquinas de treinamento de força começaram a introduzir suportes de agachamento básicos e bancos de peso, bem como diversos acessórios no mercado de fitness.

Por Quê E Para Quê?


Termo Funcional vem conquistando espaço no mercado fitness, na reabilitação e na nutrição. Uma outra possibilidade é sistema de beach coaching que ajuda a emagrecer mais do que a academia. 

Inscreva-se, fique atualizado e você ainda ganha um livro digital com 20 dicas secretas para queimar gordura e mais um BRINDE surpresa. De acordo com dicionário Michaelis, funcional significa: 1 Relativo às funções vitais. Para compreendermos Treinamento Funcional (TF), primeiro precisamos entender que é desenvolvimento motor do ser humano.
Além de fatores como idade e sexo, a prática do treinamento funcional tem muito a ver com histórico de cada praticante. 

Pessoas que, ao longo da vida, praticaram diversas modalidades esportivas e atividades físicas, certamente se adaptarão melhor a este tipo de treinamento. Devido à complexidade envolvida, esse método não é um dos mais indicados para as pessoas previamente sedentárias. Excelente para este público é se preparar com exercícios mais simples, como a própria musculação, antes de se submeter ao treinamento. 

Devido à complexidade envolvida, esse método não é um dos mais indicados para as pessoas previamente sedentárias. A atividade física surgiu como forma de tornar mais eficiente um conjunto de exercícios para nosso corpo.
Embora a musculação seja método mais efetivo de conseguir a hipertrofia, treinamento funcional também pode ajudar a atingir esse objetivo, além de diminuir a quantidade de gordura corporal e aumentar a definição muscular. 

Já para quem não quer ou não pode praticar a musculação e deseja emagrecer de forma dinâmica treinamento funcional é mais indicado, já que há uma grande variedade de exercícios e atividades, os quais, inclusive, são modificados com frequência. 

Quem possui pouco ou nenhum condicionamento físico e deseja começar a praticar uma atividade física encontra no treinamento funcional um grande aliado, já que as tarefas podem ser adaptadas dependendo da condição física e motora de cada praticante.
Hoje aluno que realiza treinamento funcional dentro de sua série de musculação só terá ganhos, irá aumentar gasto energético e trabalhará outras capacidades que normalmente não são trabalhadas em uma série de musculação convencional.

Agora que você já está por dentro do que Treinamento Funcional pode fazer por você, comparado a musculação, opte pela atividade que melhor vai se adequar a sua rotina e, principalmente, ao seu gosto! Segredo para não somente iniciar, mas se manter na prática esportiva, é se dar bem com tipo de exercício, treino ou modalidade que você escolheu.
Acho muito importante treinamento funcional, mas antes individuo deve procura um profissional da área para le indicar um exercício adequado a suas necessidades. 

Porém, um aluno que gosta de algo mais dinâmico e desafiador ou já enjoou das séries da musculação, vai obter mais resultados com treinamento funcional e pela motivação de estar praticando algo mais dinâmico se dedicará muito mais, pois os resultados do TF são muito rápidos pelo sistema de treinamento que se é aplicado. Agora, no Treinamento Funcional, aluno tem maior mobilidade nos exercícios, gerando um gasto energético muito elevado.
De acordo com André Cano Fernandez, especialista em treinamento funcional do Match Body Pilates Spa & Estética, a escolha vai depender do propósito do aluno. 

Os exercícios trabalham vários grupos musculares de forma isolada com mais facilidade promovendo diversos benefícios para a saúde. Já treinamento funcional e baseia nos movimentos naturais do ser humano, como pular, correr, puxar, agachar, girar e empurrar. Na musculação usamos os aparelhos para exercitar abdômen, pernas, braços, glúteos. No treino funcional os acessórios são cordas, bolas, elásticos, cones, hastes e discos”, explica André Fernandez.
Para as crianças, por exemplo, treinamento funcional é muito indicado pois gera mais coordenação motora. Já para pessoal da terceira idade, esse tipo de atividade promove maior independência pois ganha força, resistência e melhora seu padrão de movimento. 

Uma das grandes vantagens do treino funcional é que pode ser feito em casa, no parque e também na academia. Na academia há diversos aparelhos que trabalham um músculo por vez e, em geral, os praticantes não precisam pensar muito para realizar os exercícios. Mas para fazer treinamento funcional são usados apenas alguns acessórios e os exercícios apresentam uma complexidade maior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário